Como promover o seu pitch

como promover o seu pitch

Pitch (termo se popularizou no universo das startups) é uma apresentação rápida com a intenção de “vender” uma ideia para investidores, clientes, sócios, executivos ou parceiros. E pode servir para qualquer pessoa ou empresa que precise convencer algum público a acreditar na sua ideia.

Então, se te gera uma sensação de nervosismo só de pensar em encarar a plateia em um pitch, busque quebrar esse bloqueio acreditando no poder do discurso de quem se conhece e confia em si mesmo e o caminho para isso está no autoconhecimento e na autoconfiança.

Às vezes, você não tem muito tempo para chamar a atenção de alguém e fazê-lo se interessar pela sua ideia. Por exemplo, você pode encontrar alguém em uma reunião social ou conferência e ter muito pouco tempo para conversar com essa pessoa e criar um desejo sobre o que você tem a oferecer.

O elevator pitch que pode ser traduzido como “discurso de elevador”, é uma apresentação rápida. Portanto, é uma boa dica preparar um resumo rápido e interessante da sua ideia ou do seu negócio, pois demora cerca de 30 ou 60 segundos para fazer um passeio de elevador, então imagine que você tem somente esse tempo para chamar a atenção de seu cliente potencial e o que você deve dizer a ele?

Seguem algumas dicas para promover o seu pitch:

  • Seja objetivo e lembre-se: o pitch é curto. Não há tempo para enrolações ou aprofundamentos desnecessários, sob o risco de não conseguir transmitir tudo o que realmente importa. Você precisa fazer tudo isso em 60 segundos ou cerca de 200 palavras. Não é fácil, mas um bom argumento de venda sobre sua ideia é útil em muitas situações e você nunca sabe quando poderá encontrar um cliente potencial;
  • Explique claramente suas soluções e propostas: a primeira coisa é fazer com que a outra pessoa se interesse pela sua ideia, não fale sobre quem você é, fale sobre o que você faz. Você deve despertar de forma rápida o interesse falando sobre por que seu serviço ou produto pode resolver problemas, assim seu cliente potencial (investidor, sócio, executivo ou parceiro) deve entender muito claramente como você pode ajudá-lo nessa situação;
  • Prepare-se para todo tipo de perguntas: o público está lá para entender a sua ideia e perceber se você está preparado para liderá-la. Por isso, ao final do pitch, você pode ser bombardeado com perguntas sobre projeção financeira, dados do mercado ou da empresa, o seu histórico ou outros diversos temas. Por mais que esse tipo de apresentação tenha um formato curto e conciso, você precisa dominar todos os detalhes de sua ideia e ter as respostas na ponta da língua;
  • Deixe-os saber quem mais você ajudou: fale também sobre outros clientes e projetos com os quais já trabalhou e seus resultados. Focando no que o seu público precisa saber para que você atinja o seu objetivo, ou seja, em vez de apresentar 10 dados, por exemplo, escolha apenas um que seja realmente impactante;
  • Seja natural: Este momento pode não ser fácil e certifique-se de que sua linguagem corporal esteja aberta. Você deve estar confiante, mas não agressivo;
  • Após 60 segundos, seu cliente potencial deve querer saber mais sobre você: torne mais fácil para ele se lembrar de você dando-lhe seu cartão de visita ou alguma forma rápida para um próximo contato;
  • Termine seu argumento de venda falando sobre uma ação: diga, “Eu quero…” com algo otimista. Certificando-se de se concentrar em resolver os problemas de sua audiência.

Com essa perspectiva, as palavras ganham muito mais força, e o seu pitch alcança olhos e ouvidos até então distantes.

Gostou das dicas para promover seu pitch e trazer o futuro com o qual você sonha para mais perto da sua realidade? É importante aprimorar essa habilidade para tirar boas ideias do papel, pois o pitch não é uma reunião de negócios!

Artigos Recentes

Partilhe este artigo...

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *