Instituto Pedro Pires para a Liderança – a obra e o criador!

Indira Pires na comunica RH

No dia 7 de Outubro de 2013 foi lançado, pelo Instituto Pedro Pires para a Liderança (IPP), na Praia, Cabo Verde, a primeira edição do Curso de capacitação para a liderança e inovação na gestão do desenvolvimento, destinado a quadros cabo-verdianos dos sectores público e privado e de organizações não governamentais. Na sessão inaugural do Curso o então Ministro do Ensino Superior e Inovação, António Correia e Silva, fez a seguinte afirmação sobre a criação do IPP : “(…) A opção pela criação desta instituição, cuja missão se destina à formação, sensibilização e, arriscar-me-ia a dizer, à mobilização da sociedade para uma temática reconhecidamente de importância universal, para uma temática, diria, que põe Cabo Verde em alinhamento e em convergência com as novas tendências mundiais, constitui, uma vez mais, um acto de patriotismo, de compromisso cívico e de combate do senhor Pedro Pires”. Continuou afirmando que o fundador e patrono do IPP “faz parte do rol dos empreendedores políticos, dos que fazem mover a roda da História, inscrevendo sempre no horizonte da nossa sociedade novos ideários, na busca, no entanto, sempre de um único bem: a emancipação”. Estas duas citações não podiam expressar melhor a relação entre o criador e a esta sua obra.

Nos primórdios da independência de Cabo Verde, altura em que o patrono do IPP foi o primeiro Primeiro Ministro do país recém-nascido, subdesenvolvido, pobre, de parcos recursos naturais, sob sua liderança foi preciso investir no patriotismo, “como ferramenta afectiva poderosa para mobilizar os cidadãos para causas colectivas”. O indivíduo trabalhava por pouco dinheiro, ou até de graça, para  contribuir para o bem estar do colectivo e para abrir horizontes mais seguros e promissores ao país. Costuma-se dizer que eram tempos de “militância”. Investiu-se, na altura, em lideranças mobilizadoras de ajuda pública, para enfrentar os problemas do sub-desenvolvimento.

Hoje, passados 45 anos após a independência nacional, com o patrono do IPP já reformado da vida política activa, depois de ter sido Primeiro Ministro durante 15 anos, de ter liderado a oposição na década de 90 e ter sido Presidente da República por dois mandatos, Cabo Verde encontra-se perante novos e maiores desafios, confrontado com complexidades globais crescentes, referentes à governação do desenvolvimento numa perspectiva emancipadora.

Um dos desafios é, precisamente, deixarmos de depender excessivamente da ajuda pública e ser capaz de gerar outras formas de financiamento do desenvolvimento. É passarmos a viver da riqueza que produzimos, através do turismo, das novas tecnologias, da economia azul, de melhor aproveitamento dos recursos endógenos e da exportação de outros bens e serviços.

Continuamos a enfrentar os desafios da desigualdade social e económica, da promoção da igualdade de género, da crise climática, da elevação da qualidade da educação, entre outros. Mas vencer estes desafios implica ter acesso a ferramentas que não temos ao nosso alcance, nomeadamente “fundos, expertise, novos modelos de gestão e uma nova composição e articulação de atores sociais protagonistas do desenvolvimento”, incluindo investimento na capacitação permanente do nosso capital humano.

Neste sentido, partilho uma afirmação do Coordenador dos Cursos de Liderança do IPP, Victor Borges “sem capacidades não há domínio do processo de desenvolvimento nem práticas duráveis de boa governação e, ainda menos, a participação ativa da sociedade civil”. Para ele, “não há desenvolvimento social equilibrado, crescimento económico durável e luta contra a pobreza, sem quadros com visão e capacidade de liderança”.

Assim, pergunto, que liderança Cabo Verde precisa neste momento para os desafios atuais e próximos? É facto que capacidades de liderança não brotam espontaneamente e nem estamos perante a militância de outrora. Assim, para vencer os desafios de desenvolvimento, há necessidade de criarmos e reforçarmos capacidades de liderança no nosso país e o compromisso ético com o seu progresso social. Essas capacidades, como outras soft skills, aprendem-se e aperfeiçoam-se. E quando se fala em liderança, para o IPP, estamos a falar de agentes de transformação, indivíduos com consciência de si enquanto pessoa, profissional e cidadão em contexto de desenvolvimento e de boa governação, capazes de pensar e implementar soluções para os problemas sociais, económicos e políticos das suas comunidades, do seu país e região.

O Instituto Pedro Pires para a Liderança, enquanto parte e agente da sociedade civil, entende que não cabe apenas ao Estado este papel de capacitação do capital humano. O IPP foi criado ciente de que a melhor aposta ou investimento em prol do desenvolvimento de Cabo Verde será sempre naquele que é o seu maior recurso ou capital, os seus homens e mulheres.

“É que por detrás do desenvolvimento e da boa governação de qualquer país ou entidade há um elemento fundamental que não terá sido, a seu tempo, devidamente, equacionado. Refiro-me às pessoas ou, se quisermos, aos recursos humanos, enquanto agentes e depositários de conhecimento, de competências científicas, técnicas, profissionais, negociais, relacionais e portadores de valores, princípios e comprometimento. Este é um fator crítico que explica o fracasso ou o sucesso de qualquer empreendimento humano, independentemente dos volumes financeiros envolvidos ou da democraticidade de qualquer texto constitucional ou legal.  O aspecto crítico do desenvolvimento e da governação: capacidades humanas de gestão e de liderança”, defende o coordenador dos cursos do IPP.

O fundador do IPP uma vez disse “quero passar essa loucura dos sonhos para a nova geração”. Portanto, o IPP surge precisamente para dar continuidade aos sonhos do seu patrono. O Instituto Pedro Pires preserva o legado vivo de Pedro Pires, como modelo de liderança e patriotismo. Por meio de uma biblioteca presidencial, cursos de liderança e diálogos estratégicos, apoiamos líderes atuais e futuros, para promover transformações sociais, económicas e políticas nas suas comunidades, em Cabo Verde e na África Lusófona.

Desde o lançamento do primeiro curso de liderança do IPP, em 2013, o Instituto já realizou 21 cursos, tendo capacitado cerca de 221 formados. São cursos de liderança de alta qualidade para quadros em Cabo Verde e na África Lusófona, que têm por objectivo desenvolver habilidades e capacidades críticas para o engajamento cívico e para a liderança. Quanto à promoção de debates e de diálogos estratégicos, o IPP, já realizou: 6 conferências internacionais, intituladas “Diálogos Estratégicos”; 4 Encontros Anuais de Forma(n)dos do IPP, 1 encontro de Formadores do IPP e 4 “Annual Lectures” (em parceria com a Universidade de Cabo Verde). São  espaços  livres,  onde  temáticas  de  importância  crítica  para  o desenvolvimento das nossas sociedades são abordadas e debatidas sem complexos e sem julgamentos prévios.

Por fim, acreditamos que nós, Africanos, precisamos de referências positivas que nos inspiram e nos ensinam. Assim, criamos o Biblioteca Presidencial do IPP, onde o público e a nova geração de líderes poderão encontrar todo o acervo de documentos do Comandante Pedro Pires, enquanto Combatente da Liberdade da Pátria, Líder da oposição, Primeiro-Ministro e Presidente da República de Cabo Verde, estando futuramente também disponível numa plataforma digital que irá disponibilizar esta documentação para consulta pública mais alargada.

Termino, afirmando que a obra pode até ser do criador, mas ela tem sido “embelezada” e “cuidada” por uma equipa dedicada e militante da causa do desenvolvimento de Cabo Verde. Aos seus membros generosos e solidários eu agradeço, assim como, a todos aqueles que têm contribuído para que esta obra se torne uma realidade relevante e atual para Cabo Verde e para África. Este trabalho vai ser continuado e aperfeiçoado.

You may also like...

1 Response

  1. Adla Lima Barreto diz:

    Avante! Parabéns Equipa IPP pelo apoio criativo no desenvolvimento qualitativo de seres humanos mais pensantes, participativos, cooperativos e comprometidos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *