Livro – O que vai acontecer após o ano que não aconteceu

Livro - Marcio Bueno, comunicaRH

No início da pandemia Marcio Bueno não encontrou resposta a um de seus questionamentos e decidiu pesquisar e construir esta resposta que não existia e agora quer compartilhar com o mundo através deste livro.

Marcio Bueno, atuou como executivo no Brasil, na Europa e na América Latina, empreendedor, fundou a BE&SK, uma plataforma de conhecimento, que une tecnologia e pessoas para transformar empresas em organizações rentáveis, conscientes e humanizadas. Bueno, criou a metodologia da Tecno-Humanização®”.

O que vai acontecer após o ano que não aconteceu?

O livro surgiu de um questionamento durante a pandemia COVID-19.
Em nossa vida pessoal, quando vivenciamos um evento de alto impacto, como uma doença ou um acidente grave, mudamos nossa visão da vida.
Mudamos nossos hábitos e comportamento, passamos a dar valor ao que realmente importa; saúde física e mental, afeto, família e amigos, ou seja, aumenta a humanização.
Quando ocorre um evento de alto impacto coletivo, como a pandemia, tem o mesmo efeito? Ou seja, as pessoas também afloram sua humanidade?
Este foi o primeiro questionamento e a partir dele vieram outros.
Se há um aumento de humanização, por que isso acontece?
O que ocorre em nosso cérebro para que tenhamos esta mudança de comportamento?
E por fim, essa mudança comportamental como afeta o mundo corporativo?
O que as empresas precisariam fazer para atender este novo comportamento, caso ele ocorra?

O que o livro entrega?

Ao não encontrar resposta Marcio decidiu construí-la, desenhou uma jornada e buscou colaboração em Ana Paula Simões, sócia-fundadora da Consvita ThinkerLab, consultoria da área de lideranças estratégicas, e a Mauro Wainstock, sócio-fundador do Hub40+ e com mais 30 anos de experiência em Comunicação e Marketing.

Embora já não vivamos em um mundo linear, para projetar o futuro, continua sendo importante analisar o passado. Selecionaram três eventos de alto impacto: A gripe espanhola, a Segunda Guerra Mundial e o Atentado terrorista de 11 de setembro.

Para analisar estes eventos com máximo critério, Mauro e sua equipe de coautores especialistas contaram com Marcelo Gil, historiador PhD, que descreveu os eventos, Francisco Serralvo, cientista social, PhD e Diretor da Faculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariais da PUC-SP, que analisou o impacto social após os eventos, e com André Lavinas, economista e superintendente de pesquisa, dados e operações do FGV IBRE – Instituto Brasileiro de Economia, que nos trouxe o impacto econômico após os eventos.

Este estudo permite traçar um padrão após eventos de alto impacto coletivo. Porém, não é suficiente saber o que aconteceu, é importante saber o porquê o comportamento encontrado acontece.

Neste ponto, Ana Simões explica o que aprendemos com este tipo de evento e convida a Giuliano Ginani, Doutor em psicologia cognitiva e neurociência nos explica em uma linguagem muito acessível como atua o estresse deste tipo de eventos em nosso cérebro, nossa neuroplastia e adaptabilidade a estas situações. Contou também com Siomara Vicenzi, psicóloga e co-fundadora do Software Mental, para explicar a importância do fator psicológico em momentos de crise e de eventos de alto impacto e quais são as competências socioemocionais necessárias nestes momentos, e para finalizar este módulo, Luciano Vicenzi, Mestre em estratégia e análise organizacional, com mais de 25 anos de experiência em desenvolvimento humano, co-fundador do Software Mental, nos apresenta os modelos mentais (Mindset) das 3 primeiras revoluções industriais e qual seria o da 4ª revolução.

Marcio conheceu o que aconteceu após este tipo de eventos, o porquê isso acontece e com todo este material, trouxe este conhecimento ao cenário atual. Para ser capaz de projetar o futuro, considerou as variáveis que não existiam nos eventos analisados, como exponencialidade, liderança humanizada, ESG. Contou com Mauro Wainstock para falar sobre organizações multigeracionais, e com Eduardo Rabboni, sobre tecnologias habilitadoras e conclui com sua visão Tecno-Humanista com o “O que vai acontecer após o ano que não aconteceu”, qual o impacto para as empresas e, principalmente, o que precisaria prestar atenção para atender esta nova realidade.


Sobre os autores:
Márcio Bueno, 52 anos – CEO BE&SK, Tecno-Humanista, autor e gerador de resultados através da elevação da consciência corporativa e da metodologia da Tecno-Humanização®
Ana Simões – CLO – Chief Learning Officer da Software Mental. Com mais de 15 anos de experiência em arquiteturas de aprendizagem mediadas por tecnologias em empresas, organizações do terceiro setor e coletivos organizados.
Mauro Wainstock – Sócio-fundador do Hub40+, palestrante, colunista, consultor e mentor focado no público acima dos 40 anos.

Subscreva a nossa Newsletter

Receba atualizações e aprenda com os melhores

Últimas Notícias

Partilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.