Gestão de Informação em RH

Gestão de Informação

A vida pessoal e a profissional exigem de nós cada vez mais dedicação, esforço, planejamento, capacidade de entender o nosso entorno e de administrar questões que surgem a todo momento. Administrar estas questões é gestão. Não é de hoje que o mercado de trabalho exige profissionais capacitados com uma visão holística da prática de gestão. A pandemia surgiu, já se estende por quase 1 ano, e reforça esta demanda, incluindo ainda o desafio da gestão emocional para lidar com essa situação.

No âmbito empresarial, é necessário entender as diversas áreas funcionais de uma empresa e saber administrar as mesmas para garantir a boa gestão dos negócios.

É importante entender o mercado externo e o contexto da organização em que se está inserido para garantir o cumprimento de um bom plano de negócios e o sucesso da organização. Este sucesso estará pautado também na boa gestão de uma das principais áreas:

a gestão de recursos humanos.

Área que passou a ser entendida como mais um pilar para o sucesso e deixou de ser vista apenas como área suporte, ganhando a força e a responsabilidade de mais uma área estratégica. Há algum tempo, os recursos humanos passaram a ser vistos como capital humano e fator decisivo na estratégia de disseminação e implementação dos valores e cultura de uma organização.

Não há dúvidas de que a gestão de todo e qualquer negócio tem, primordialmente, o lucro como finalidade, mas há muito já se admite a importância de uma boa gestão de pessoas, no sentido de atrair, recrutar, desenvolver e remunerar. Não se fala em gestão de negócios sem incluir a gestão de pessoas e o seu principal papel que é garantir o desenvolvimento profissional dos colaboradores alinhado com os objetivos estratégicos da organização.

Segundo Chiavenato, a gestão de pessoas tem sido a responsável pela excelência das organizações bem-sucedidas e pelo aporte de capital intelectual que simboliza, mais do que tudo, a importância do fator humano em plena “Era da Informação”.

Ela também foi primordial para a manutenção das empresas e tomadas de decisão no que tange como implementar políticas (bem-estar, home office, apoio psicológico, ouvidorias, etc) para que o trabalho não parasse durante essa crise mundial.

Além de todo o reconhecimento obtido pelo RH, é importante garantir que a área também esteja preparada para atender a toda a demanda que lhe é solicitada. Assim, além de gestão de pessoas e tudo que esta envolve (remuneração e benefícios, treinamento e desenvolvimento e etc), a gestão de informações na área também é algo muito importante.

A importância da gestão de informação

Lembro de uma situação em que uma subárea de RH dentro de um RH enxuto por se tratar de um escritório regional não conseguiu entregar uma informação no prazo pois a única pessoa detentora da informação era uma estagiária que não tinha ido trabalhar no dia do envio da informação e esta acabou sendo entregue um dia após o prazo.

Felizmente, não era uma informação fiscal, uma obrigação acessória, mas a gestão da informação não era conduzida da forma correta na área. Sabemos que a maioria das áreas de uma empresa privada trabalha com estruturas reduzidas, mas é necessário que todas se organizem de modo a garantir que toda e qualquer informação esteja à disposição quando necessária e mesmo com estruturas reduzidas, é importante que haja sempre uma pessoa de backup, a par de informações indispensáveis, que possa fornecê-las quando solicitadas.

Artigos Recentes

Partilhe este artigo...

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *