Segurança psicológica nas organizações.

segurança-psicológica_copmunicaRH

A segurança psicológica é fundamental para o bom funcionamento das organizações. Nesse sentido, uma boa gestão de RH pode colaborar na implementação e sustentabilidade da segurança psicológica, através do desenvolvimento de processos e liderança que promovam o bem-estar geral.

Os dados da Gallup revelam que, com segurança psicológica “as organizações podem obter uma redução de 27% na rotatividade, uma redução de 40% nos incidentes de segurança e um aumento de 12% na produtividade”.

Numa época em que tanto se fala de stress, depressão e ansiedade, a segurança psicológica tornou-se algo ainda mais urgente dentro do contexto organizacional, de forma a manter um ambiente saudável, sem o clima de tensão, que gera bem-estar, impulsione a inovação e potencie a produtividade.

Para que isso se torne uma realidade a liderança tem um papel estratégico, os líderes precisam saber lidar com os inúmeros desafios da organização e manter as equipas motivadas e confiantes.

O que pode gerar a insegurança?

A liderança

Um dos maiores problemas nesse cenário é a ausência de uma liderança assertiva e foco excessivo em resultados. Um líder, muitas vezes, desconhece as suas responsabilidades enquanto protetor da saúde física e mental dos colaboradores no ambiente de trabalho.

Ausência de um plano de carreira

A falta de segurança psicológica muitas vezes está relacionada também com a falta de perspetiva de crescimento. Quando um profissional não tem um plano de carreira, pode sofrer com a falta de perspetiva a acerca do seu próprio futuro. O stress pode surgir pelo facto do colaborador se sentir completamente estagnado, levando a insatisfação que é um elemento perigoso para a segurança psicológica.

Comunicação ineficiente

A falta de transparência é mais um ponto que merece muita atenção por parte das empresas. A ineficiência da comunicação pode gerar má interpretação e angústia ao colaborador e abrir espaço para teorias da conspiração, proporcionando situações negativas e desnecessárias.

Num ambiente psicologicamente seguro, os colaboradores compartilham suas opiniões e ideias abertamente, assumem riscos, admitem falhas, aprendem com as falhas e têm discussões honestas e abertas sem medo ou ansiedade. A segurança psicológico é essencial para a formação de equipas de sucesso.

A Google analisou profundamente 180 das suas equipes para identificar seus padrões de sucesso. E a conclusão foi absoluta. Dos dos cinco padrões encontrados, o fator segurança psicológica foi considerado de longe o mais importante deles.

Isso diz tudo!

Para responder com agilidade às necessidades da gestão e desenvolvimento do capital humano a componente da segurança psicológica é essencial para que os RH possam apoiar a promoção da inovação, potenciar uma cultura que fortaleça a motivação e consequentemente impulsione o negócio.

Os RH deverão ser os impulsionadores e facilitadores da construção de uma cultura de segurança psicológica dentro da organização. Caberá também aos RH monitorizar o ambiente para garantir que a segurança psicológica seja uma realidade no dia a dia e não apenas uma falácia.

Construir uma cultura organizacional de segurança psicológica que permita aos colaboradores expressar, interagir, aprender e pertencer é de grande importância para o atual momento em que vivemos e para a sobrevivência no mundo cada vez mais VUCA.

Artigos Recentes

Partilhe este artigo...

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *