Liderança – Seja Hoje Quem Você Quer Ser Amanhã

liderança - comunicaRH

A liderança não é para todos. Repito isso em vários textos e palestras que faço. Essa declaração pode chocar e gerar muita controvérsia, especialmente quando divulgada em redes digitais. Mas vamos entender no detalhe o quero estimular com esse pensamento.

Liderar é inspirar, desenvolver-se, auxiliar no desenvolvimento dos membros de sua equipe, ser o exemplo, mas antes de tudo é assumir riscos e gerar resultados; é chamar para si a responsabilidade. A liderança não é uma função, não é um cargo e não é status, por isso prefiro afirmar que “a liderança é para todos que querem se desenvolver como líderes”. Para isso existem ferramentas que auxiliam nesse desenvolvimento, os famosos hard skills e soft skills, que podemos tratar em detalhes em um outro texto. Por hora vamos falar em ser a pessoa certa, na hora certa e no lugar certo.

E se você não quer desempenhar um papel de liderança, tudo bem! Não há mal nisso.

Existem muitas funções técnicas que demandam pessoas altamente qualificadas para exercê-las. Você não será um vencedor apenas se for um gerente, diretor ou CEO. Por isso é tão importante a definição do seu propósito, tanto de vida quanto profissional.

Agora, se você quiser se desenvolver como líder, não espere uma promoção para agir como tal. Se você vai assumir uma função onde terá uma equipe subordinada a você, parabéns, você está dando o primeiro passo para sua trajetória na liderança! Se você pensa em assumir outras funções que te levem mais longe na sua carreira, planeje sua trajetória, observe as pessoas que estão em cargos de liderança acima de você (e que estejam alinhadas com seus valores pessoais e profissionais), observe como tratam os liderados, como enxergam o negócio, como se comportam com as pessoas dentro e fora da empresa, como se relacionam com pares, como se vestem (considerando o dress code de cada empresa). Essas observações não precisam ser apenas dentro da empresa onde você trabalha, por isso o exercício do networking é importante, treine seus olhos para enxergarem os detalhes em eventos, conferências, reuniões, etc, o mundo corporativo é vasto.

Não se trata de usar terno e gravata, ter o mesmo carro que o seu superior, morar no mesmo bairro que ele; o foco deve ser a forma dessa pessoa lidar com crises, pessoas, enxergar a empresa como todo e não apenas departamentos, saber a relação que existem entre cada área para fazer a empresa gerar resultados positivos, o importante é o comportamento.

Hoje você pode começar a se espelhar nesse líder que admira para tornar-se tão bom quanto, ou melhor do que ele.

Na verdade líderes desenvolvem pessoas com essa intenção, aquele que tem medo de passar conhecimento para os demais, não é líder, medianamente podemos chama-lo de chefe. Aplique essa visão holística entre os seus liderados, faça-os entender o porquê das coisas, levando engajamento à sua equipe. Esse é um bom caminho para estar alinhado com os objetivos da empresa. A gestão individualista e egocêntrica tende a criar feudos corporativos, cada um defendendo seus objetivos particulares, desalinhando com o objetivo principal da corporação. Infelizmente algumas empresas não conseguem enxergar esse movimento, causando prejuízos, ou pior, mascarando micro prejuízos em receitas geradas em outras áreas, como o resultado final é positivo, demora-se mais tempo para identificar esses comportamentos perniciosos, onde a corporação poderia apresentar resultados ainda melhores.

Portanto, se você decidiu tomar o caminho da liderança, se chamou a responsabilidade, desenvolva-se, exerça sua liderança de forma colaborativa e positiva, tenha um comportamento exemplar, defina onde quer chegar e planeje como vai fazer para chegar lá e, principalmente, comece a ser hoje, quem você quer ser amanhã.

Partilhe este artigo...

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.